Estátua do Deserto

Estátua presente na chegada dos heróis ao deserto.

Eleni Zinovia


"
Profecia: meu crime.
Eu sou a essência e o espírito de Eleni Zinovia, conselheira e marechal de Uyness de Vaverle, minha senhora, destruidora dos Orcs, Quinta Campeã de Rajaaj.
Profecia, meu crime.
Em pedra amaldiçoada por da cidade da minha senhora a queda predizer. Quando o mundo era outro e O Mensageiro cumpria com sua palavra.

“Para sempre eis de permanecer em minha esplendorosa cidade” - disse minha senhora - “e suas mentiras eis de contar para todos que por ela passarem”.
Pedra de mim fizeram.
Mas a minha senhora a destruição encontrou nas mãos de seus inimigos e seu, até então, palácio inabalável desfez-se em pó, como eu predissera.
Rancor não tenho. Pedra fizeram de mim, pedra eu sou: eterna e insensível. Assim hei de persistir até que O Mensageiro cumpra sua palavra, o Primeiro Campeão volte e a eternidade não mais exista.
Essa é a minha Maldição. Meu destino.
"

Junto a ela estavam alguns objetos. Ei-los:
Caixa de Música
Janela Quebrada
Leque de Osso
Taça de Madeira

Estátua do Deserto

Sob o Sol Carmesim CaiodoVale